Depilação a laser

O que é Depilação a Laser 

É uma técnica de remoção progressiva dos pelos feita através da energia luminosa do laser. 

 

Como funciona o procedimento

O procedimento é realizado com o uso de um aparelho emissor de laser, imposto exatamente sobre os pelos a serem eliminados. Na depilação a laser, o alvo é a melanina, substância responsável pela coloração do bulbo e da haste do pelo, causando dano térmico mínimo ao tecido adjacente. Em pessoas muito sensíveis a dor, podemos utilizar cremes anestésicos. Ao ser disparado o pulso de laser, ocorre a absorção dos fótons de energia pela melanina. O calor absorvido é liberado pelo bulbo e pela haste do pelo, causando uma destruição térmica das estruturas do pelo.

Os tipos de laser mais utilizados para fazer a depilação a laser são o laser Candela Alexandrite  e o laser Nd:YAG (1064nm).

Antes de iniciar a sessão, o profissional limpa a pele com álcool para remover qualquer vestígio de oleosidade ou creme hidratante e o laser é iniciado. Durante a depilação é feito um resfriamento da pele, como exemplo, o  exclusivo Dynamic Cooling Device (DCD) do Laser Candela Alexandrite, sistema que emite um gás (spray) super refrigerado que é lançado na pele antes do disparo de laser, esse resfriamento da pele diminui o desconforto do paciente e aumenta a segurança. Ao final de cada sessão é recomendado aplicar uma loção calmante na pele tratada. Cerca de 15 dias após o tratamento, os pelos ficam soltos e caem, dando uma falsa aparência de crescimento, mas estes são facilmente removidos no banho com uma esfoliação da pele. 

De uma forma geral, peles brancas com pelos grossos e escuros respondem melhor à depilação a laser, mas isso não quer dizer que quem não se enquadra nestas características, não pode fazer depilação a laser. Com o passar dos anos novas tecnologias foram criadas, até peles negras ou bronzeadas podem fazer. O ND YAG com pulso longo é usado para esses casos. A exceção é para quem tem pelos, brancos, ruivos e loiros - como a quantidade melanina é pequena, ainda não há boa resposta ao tratamento para estes casos, porém podem ser tratados, só necessitam de mais sessões.

O número de sessões varia de acordo com a cor da pele, cor do pelo, espessura do pelo e do tamanho da área que será depilada. 

 

Indicações

A depilação a laser pode ser feita por qualquer pessoa que se incomode com seus pelos ou com os outros métodos de depilação, com a cera e a lâmina. Há indicações especiais também para casos de foliculite (pelos encravados).

  • Buço;
  • Barba;
  • Axila;
  • Peitoral;
  • Abdome;
  • Costas;
  • Braços;
  • Pernas;
  • Virilha.

 

Contra Indicações

A depilação não é indicada para grávidas e pacientes com hipertensão e diabetes descontrolada, epilepsia, vitiligo, doenças de pele como psoríase, feridas abertas ou hematomas recentes no local da exposição ao laser, em casos de câncer, durante o tratamento. Outra contra indicação importante é para peles bronzeadas.

A depilação à laser pode ser realizada em quase todas as áreas do corpo com exceção das mucosas, da parte inferior das sobrancelhas e diretamente sobre os órgão genitais.